segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Prometi contar

Eu orava em minha casa, em Londrina -PR. Mais duas irmãs e um jovem estavam comigo. Caí sem forças pelo poder de Deus que desceu sobre nós. Qdo pensei que cairia no chão da sala esse chão se abriu e passei pelo segundo piso onde morava a dona no prédio, desci ao terceiro piso onde morava uma família temente a Deus, continuei descendo ... Qdo pensei que entraria a terra, cai suave dentro de um barco no meio do Rio Amazonas. Naveguei até chegar uma Ilha onde uma missionária me esperava com uma cambuca de coco contendo uma frutinhas escuras. Comi qdo ela me ofereceu. Amarrava o paladar como caqui verde, tingia de preto os dentes e a textura era como morder vela. Tentei disfarçar a repulsa mas ela sorriu recolhendo a cambuca e me servindo de um suco disse :"Volta para a tua terra,prepara o teu paladar pq aqui o cardápio é diferente." Ela me instruiu que a fruta nutria por um dia inteiro na falta de alimento. Anos se passaram...e Deus nos levou ao Amazonas vivi tudo que vi na visão em arrebatamento de espírito. Inclusive comi e reconheci o gosto da fruta que conheci em visão. Abri os olhos e estava de volta à sala de minha casa. O nome da fruta é abacaba. Deus é leal! Adriane Monteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário