sábado, 28 de junho de 2014

Orei

Eu falava com Espírito Santo nessa manhã; sobre a linha tênue que há entre o discernimento e o assédio do julgamento com a malícia, seguido de maledicência.
Pedi a Jesus que me cobrisse com seu sangue contra toda prepotência espiritual.
Deixo com Jesus os direitos que lhe são reservados e que se entenda com ele quem acredita me enganar e se enganando fere minha submissa. E, com esse teste terrível na minha resistência vou ignorando os apelos do meu próprio ego.

Adriane Monteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário