quarta-feira, 23 de outubro de 2013

QUAL O VALOR DO MEU SACRIFÍCIO?

Quantos minutos num culto nós realmente cultuamos?
Estamos entre os que esperam alguém cheio de unção se apresentar a Deus ,nos contentamos em sentirmos arrepios e derramar algumas lágrimas para só então, quando  o Senhor  se manifesta recebendo o holocausto do nosso irmão concluimos que o culto só "prestou" qdo este cantou ou aquele pregou?
A formalidade transformou nossos templos mais em tribunais que cenáculo. A singeleza dos bancos de madeira sem encosto foi juntamente com nossa autenticidade, substituídos por poltronas almofadadas do conformismo. Trocamos o brilho da face remida por resistência a emoção combinada com nossas permissivas maquiagens. Lampiões "liquinhos" são memórias humorísticas em nossas conversas sob a climatização de ar condicionado. Preocupações com o tempo reservado para percorrer longas distancias a pé em tempo de  dobrarmos nossos joelhos no período fervoroso de oração que antecedia nosso cultos,nós agora substituímos por preocupações com um lugar propício para estacionarmos de modo que possamos sair em tempo hábil de assistimos em casa nossa programação de TV pré agendados.
Nos orgulhamos de algum conhecimento e urge na vaidade a necessidade de informarmos as vezes de modo sutil quantos diplomas estamos acumulando.
Modernos demais intoleramos vocabulário singelo ou cançoes antigas demais, selecionamos pessoas para compor nossa liturgia congregacional e em nome do amortecimento da consciência alegamos ter a "obra de Deus" necessidade de crescimento e evolução!
Não se imagina pregarmos nem quarenta minutos sem microfone e de preferencia sem fio. Nosso retorno é o mais exigido e qdo finalmente avaliamos que nota merece o culto "assistido" perdemos exatas uma hora e meia de quebrantamento milagres e reconciliação com o Deus que ainda quer revelar na sarça nossa oportunidade de encarar nossas fichas sujas do Egito e abraçar oportunidades novas de compor salmos como o de número 51.
Quando teremos a próxima chance?
E se o próximo culto for ao som da Trombeta de Deus e alarido de arcanjos? Vamos estar lá?
Crê que o Senhor Jesus prendeu tua atenção nessa leitura até agora para aí bem do seu lado te oferecer a oportunidade bendita de recomeçar?
Empresta sua voz para o vocabulário do Espírito Santo,deixa Ele sugerir as palavras...agora mesmo... e experimente de alma leve o poder que tem o sangue de Jesus!
Adriane Monteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário