segunda-feira, 28 de outubro de 2013

EU REPROVO ÁRVORES DE NATAL E ENFEITES ALUSIVOS A ESSA DATA EM MINHA CASA!!!

Jeremias 10:2-4 - “Assim diz o Senhor: Não aprendais o caminho das nações, nem vos espanteis com os sinais do céu; porque deles se espantam as nações, pois os costumes dos povos são vaidade; corta-se do bosque um madeiro e se lavra com machado pelas mãos do artífice. Com prata e com ouro o enfeitam, com pregos e com martelos o firmam, para que não se mova.”
É correto nossas famílias trocar presentes ao redor de um pinheiro adornado com bolas vermelhas e outros enfeites?Não seria involuntariamente um culto endereçado a um deus pagão intitulado Ninrode, Oriundo da cultura Babilônica?
Começou com Ninrode na antiga babilônica,neto de Cão , filho de Noé. Homem perverso que teria se casado com a própria mãe, Semíramis. Ela foi mãe de Ninrode e, mais tarde, sua amante. Ninrode, por sua vez, foi o mais eminente líder no período que vai do dilúvio a Abraão. Babilônia foi a primeira cidade construída após o dilúvio.Por causa de suas práticas, idólatras e ritualísticas, o irmão de seu avô, Sem, veio a matá-lo, e esquartejá-lo tentando acabar com as suas bruxarias.
 Após a morte de Ninrode, Semírames ficou viúva e grávida do filho-amante. Em nome de encobrir a própria vergonha se curvou a satanás num plano diabólico de cristianizar sua história,usando essa essa oportunidade para propagar que sendo virgem concebera e daria a luz um filho e  o nome da criança seria Tamuz, dizendo que esse era a reencarnação de Ninrode.
Tamuz nasce e num dado dia foi morto por um porco selvagem e mais uma vez Semíramis se empenha em manter a imagem no topoda idolatria no reino.Levou seus súditos a acreditarem que onde o sangue do seu filho caiu sobre o tronco seco, um grande pinheiro havia crescido da noite para o dia, e que isso simbolizava o desabrochar da morte de Ninrode para uma nova vida em Tamuz. E, todo ano, no dia de seu aniversário de nascimento ela alegava que Ninrode visitava a árvore e deixava presentes nela.Esta mulher tão malígna foi constituída sacerdotisa, segundo a Enciclopédia Britânica citada como uma personagem histórica primeira suma-sacerdotiza de uma religião, exigia sacrifícios de crianças em sua própria honra como deusa lua.
E como oferta, ofereciam-se sacrifícios humanos de crianças meninas, essas após serem mortas tinham suas pequenas cabeças decepadas e penduradas na árvore, quanto maior fossem o número de cabeças penduradas, maior e mais importante era o sacrifício.
Hoje em lugar das cabeças degoladas figuram as bolas de cor vermelha cinzas ou douradas mascarando a mesma mensagem recitada ato de cada familia que assim escolhe comemorar seu natal.
Intensionado ou não em manter viva essa abominável memória quando escolhemos nossa maneira de comemorar natal por esse caminho, a origem é essa.Entao qual vantagem se têm de "entristecer o Espírito Santo de Deus, no qual estamos selados para o dia da redenção"? Efésios 4:30
"Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor". Josué 24:15
Adriane Monteiro

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

SE TENHO CIÚMES?

SE TENHO CIÚMES?
Bumbum e curvas sensuais expostos numa mulher vazia, fazem efeito ligeiros e se alheios, pesarosos....
Uma mulher cheia do Espírito Santo e embora não exposta pela vulgaridade ainda assim, dotada de beleza, sabedoria e iniciativa...se particularizada é mais propensa a ser única... cobiçada, por ocultos,  sinceros... e suspirados desejos, de um Homem do nível realmente valioso.
Portanto quando me perguntam sobre ciúmes me resguardo a um sorrisinho presunçoso no cantinho da boca mentalizando flash de sucessos múltiplos e particular... rs... enquanto sigo fazendo só o necessário o com o mero detalhe exterior...rsrs

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

QUAL O VALOR DO MEU SACRIFÍCIO?

Quantos minutos num culto nós realmente cultuamos?
Estamos entre os que esperam alguém cheio de unção se apresentar a Deus ,nos contentamos em sentirmos arrepios e derramar algumas lágrimas para só então, quando  o Senhor  se manifesta recebendo o holocausto do nosso irmão concluimos que o culto só "prestou" qdo este cantou ou aquele pregou?
A formalidade transformou nossos templos mais em tribunais que cenáculo. A singeleza dos bancos de madeira sem encosto foi juntamente com nossa autenticidade, substituídos por poltronas almofadadas do conformismo. Trocamos o brilho da face remida por resistência a emoção combinada com nossas permissivas maquiagens. Lampiões "liquinhos" são memórias humorísticas em nossas conversas sob a climatização de ar condicionado. Preocupações com o tempo reservado para percorrer longas distancias a pé em tempo de  dobrarmos nossos joelhos no período fervoroso de oração que antecedia nosso cultos,nós agora substituímos por preocupações com um lugar propício para estacionarmos de modo que possamos sair em tempo hábil de assistimos em casa nossa programação de TV pré agendados.
Nos orgulhamos de algum conhecimento e urge na vaidade a necessidade de informarmos as vezes de modo sutil quantos diplomas estamos acumulando.
Modernos demais intoleramos vocabulário singelo ou cançoes antigas demais, selecionamos pessoas para compor nossa liturgia congregacional e em nome do amortecimento da consciência alegamos ter a "obra de Deus" necessidade de crescimento e evolução!
Não se imagina pregarmos nem quarenta minutos sem microfone e de preferencia sem fio. Nosso retorno é o mais exigido e qdo finalmente avaliamos que nota merece o culto "assistido" perdemos exatas uma hora e meia de quebrantamento milagres e reconciliação com o Deus que ainda quer revelar na sarça nossa oportunidade de encarar nossas fichas sujas do Egito e abraçar oportunidades novas de compor salmos como o de número 51.
Quando teremos a próxima chance?
E se o próximo culto for ao som da Trombeta de Deus e alarido de arcanjos? Vamos estar lá?
Crê que o Senhor Jesus prendeu tua atenção nessa leitura até agora para aí bem do seu lado te oferecer a oportunidade bendita de recomeçar?
Empresta sua voz para o vocabulário do Espírito Santo,deixa Ele sugerir as palavras...agora mesmo... e experimente de alma leve o poder que tem o sangue de Jesus!
Adriane Monteiro.