segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

CARTA PARA MEU FILHO NO DIA QUE COMPLETOU DEZOITO ANOS

DEZOITO ANOS!!! Ah... que turbilhão de pensamentos, de sentimentos de lembranças!!! Ainda conservo a sensação dos movimentos de pezinho bracinhos empurrões e chutes que vc dava dentro da minha barriga...ainda me lembro da canção que cantava pra vc dormir do chorinho fraco que vc tinha da saúde tão frágil e dos seguidos sinais de Deus sobre tua vida meu filho! Teu corpinho cadavérico e pneumático , com apenas 6 meses. A ameaça de morte durante uma única tentativa cirúrgica, ameaçando teu pulmão e fígado. As idas e vindas à Unidade de Saúde com vc nos braços ardendo em febre. O frio, a garoa fina e o forte vento medindo força comigo, que, empunhando guarda-chuvas te protegia no peito! A loucura no caminho rasgando e lançando fora os encaminhamentos do médico para te internar ainda naquele dia, para que fosse operado. Os passos firmes resolutos, morro acima no bairro onde morávamos. A canção 510 da Harpa Cristã, no abrir da porta com vc diante de Deus, as lágrimas dificultando a leitura do hino 510. Teu sono pesado em seguida do louvor, após 3 dias de gemidos, fraqueza por não amamentação. O constatar muitas horas depois, da tua cura ao vê-lo sentadinho após mamar toda a mamadeira com minguau. Os primeiros passinhos. A saída das fraudas, a manifestação de carinho que tinha por mim, tão pequenino ainda. Apalavra profética no braço do sofá naquela fase depressiva que passei. O batismo com Espírito Santo aos 4 aninhos enquanto eu cantava num culto semanal. As visões que vc tinha com Jesus. Tbm a presença de algum demônio que vc vendo já alertava com o dedinho em riste. A crise renal onde quase te perdi de novo. O dia que uma mulher na rodoviária tentou leva-lo de mim.Com um aninho. A coincidência de estudar teu primeiro ano letivo na mesma escola que eu cursei meu tbm primeiro ano escolar! A mochila de rodinha em forma de carrinho...o cabelo penteado de ladinho como o avô...rsrs Os trages sociais as balinhas no bolço pra flagrar uma foto com vc de social e mão no bolço...rs o Nescauzinho na cama...as varinhas de goiabeira...A pergunta que te libertou “Mãe hoje eu me comportei na Igreja? Eu vou apanhar?”...O dia que eu me desarmou qdo peguei de cima da geladeira a varinha pra te disciplinar, e vc de bracinho pro alto gritou assustadinho “Eu thi amu mãe, num bati!” O dia que vc vendeu o boné pra me dar um par de chinelinho como ímã de geladeira de presente do dia das mães... O dia que machuquei vc com uma cinta... :’/ A pipa de letra F. Os cultinhos domésticos com histórias bíblicas. O maior dos desafios de fé que vc me fez na porta do centro cirúrgico qdo vc ficou cego naquele acidente com a flecha. O hino 467 que nós cantamos diante da enfermeira. O milagre de Deus na tua visão depois de removido o pedaço rasgado e de levar cinco pontos na íris vazia. Nossos códigos “ Vc vai passar de fase mãe e vai até finalizar!” O ciúmes que me trouxe em casa trocar de saia...rsrs A minha suplica ao pedagogo da escola por vc que não se abria nem pra pedir ajuda nas atividades de sala de aula. O bilhetinho depois pra comparecer na sala do diretor pq vc foi arteiro.Qdo notei que não poderia mais ir até o colégio te levar nem buscar... Tua entrada no Karatê. A primeira Faixa. Teu primeiro amor teu primeiro dízimo. O dia tbm que votou o primeiro salário todinho para Deus na igreja se a porta de emprego se abrisse. E esta abriu. E vc cumpriu me enchendo de muito orgulho! A primeira namoradinha...os segredinho comigo sobre cada uma delas. Teu primeiro amor. ... Poxa eu perdi a noção do tempo e esqueci de resumir. Na verdade não dá pra resumir só dá pra interromper assim abruptamente. Hoje vc completa dezoito anos! Eu estou apavorada. Ainda quero pegar sua mão pra atravessar a rua.Te cobri de noite erguendo os edredons do chão se caírem...orar silenciosa por vc nas minhas rondas noturnas enquanto vc dorme. Ainda quero te buscar na escola comprar brigas por vc te defender no colégio ou do coleguinha...Te dar palmadas e puxões de orelhas. Ainda fico Zangada e tenho vontade te surrar de cinta....rs Depois te olho com amor tão imenso que perco de vista o motivo que me enfureceu. Ah filho...não tem preparo que capacite uma mãe abrir mão de um filho pra vida nem nesse nem em tempo algum! Vc é meu primogênito meu piazinho meu único piazinho! Com a diferença que agora está POR SUA CONTA AOS OLHOS DA LEI DE DEUS E DOS HOMENS! Diferente de qdo te ensinei dar os primeiros passinhos eu estava na tua frente de baços esticados e sorridente. Hoje estou logo atrás de vc, aqui no alcance dos olhos com as mãos no peito coberto de dor de cuidados e de amor! Filho é chorando que escrevo essas palavras...Ao invés de vêm com a mamãe estou tendo que dizer Vai com Jesus meu filho e que Deus te proteja e te abençoe hoje e sempre....Eu não sou eterna mas o Deus que te ensinei amar e respeitar É ! Filho O Senhor te abençoe e te guarde o Senhor faça resplandecer o rosto dele sobre vc e te dê a paz. Ele te guardará de todo mal Ele guardará a tua entrada e a tua saída desde agora e para sempre! Certamente que a bondade e a misericórdia do Senhor te seguirão TODOS os dias da tua vida e que nunca vc habite fora da Sombra do Onipotente. Amém! (Nm 6 .Sl 121. Sl 23. Sl 91). Preciso dizer que TE AMO? Mamãe! Adriane Monteiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário